Trezentos anos não são trezentos dias, o que já seria um bom tempo se pensarmos em estágio em barrica, mas aqui falamos de tradição. A Quinta do Vallado completou em 2016, 300 anos de história na produção de vinhos, tendo como uma das antecessoras, a emblemática D. Antonia Adelaide Ferreira, a D. Ferreirinha, empreendedora vanguardista nos vinhos do Porto.

Quem conhece a região do Douro, sabe como são íngremes suas encostas, criando belos vales. Justamente entre dois vales é onde se encontra a Quinta do Vallado, no encontro entre os rios Corgo e Douro, daí o nome Vallado.

Uma máxima da região é que o Douro tem 9 meses de inverno e 3 meses de inferno, devido ao calor extremo. Estes meses de inverno marcam os vinhos do Vallado com muito frescor, adjetivo que acompanha todas as notas de prova e o calor permite a perfeita maturação das uvas.

Degustação dos vinhos da Quinta do Vallado

A degustação foi realizada no dia 19 de abril de 2018 com sala cheia. Alessandro Petto da Importadora PPS Vinhos trouxe 4 rótulos da quinta para serem degustados pelos mais de 34 participantes do evento. Confira logo abaixo um resuminho de cada vinho.

Vallado Douro Touriga Nacional 2017 Rosé

Muito fresco, o mais novo vinho da vinícola que acaba de chegar ao Brasil. Provém de parcelas mais altas do vinhedo, justamente para contribuir com o frescor e acidez. Aromas muito intensos de Tutti Frutti, frutas vermelhas do bosque, morangos silvestres, framboesa. Tem baixo álcool o que o torna um rosé parceiro perfeito para a piscina, o calor. Pena que temos as estações invertidas as do velho mundo. Mas vale guardar algumas garrafas, o frescor não vai se perder até o nosso próximo verão.

Vallado Quadrifolia DOC 2016

O nome é inspirado no trevo de 4 folhas, encontrado em abundância na região. Feito para uma grande rede de supermercados de Portugal e vendido somente lá, no Brasil e na Suécia. Tem 12 meses de estágio em inox o que caracteriza sua distinta concentração. Maioria Touriga Franca e Tinta Roriz. Muito fresco. Frutas vermelhas, cereja, amora, framboesa em um corpo médio que o torna um vinho muito versátil.

Vallado Douro DOC 2015

Este é o carro chefe da vinícola. Um vinho que no primeiro gole já passa o conceito de qualidade da fruta que cultivam. Equilíbrio entre os 70% do vinho que estagia 16 meses em inox e o restante que passa por carvalho francês de 3° e 4° uso. Definitivamente quem manda é a fruta! Um blend 25! 25% de cada casta, Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, plantadas há 25 anos. Completam o blend, 5% de Sousão e 20% vinhas velhas plantadas há 80 anos. Acidez alta, taninos médios e álcool médio. O Douro engarrafado!

Vallado Douro Superior Orgânico DOC 2015

Produzido na Quinta do Orgal, empreitada mais recente em uma quinta na região do Douro Superior. Nesta região a precipitação é menor, criando vinhos mais quentes. De toda forma, não perde o frescor, mas ganha em álcool. É um vinho totalmente orgânico, com o blend formado entre Touriga Nacional, Touriga Franca e Sousão, esta última tendo a peculiaridade da polpa tinta, sendo chamada tintureira. Também traz rusticidade ao blend. Estagia 16 meses em barricas usadas de carvalho francês. Um vinho que merece guarda para mostrar o seu melhor.

E assim você ficou sabendo um pouco mais desta incrível quinta na região do Douro, se for para Portugal não esqueça de dar uma passadinha por lá!