O La Causa del Itata causou um verdadeiro sucesso em nossa degustação. Na ocasião, o enólogo Cristian Carrasco contou um pouco sobre o projeto do La Causa e apresentou detalhadamente cada um dos vinhos criados.

Quer conhecer mais sobre o Projeto La Causa del Itata? Clique aqui.

Cristian, que está há 9 anos na vinícola Miguel Torres, tomou para si o projeto do La Causa com o intuito de reestabelecer Itata em uma região vinícola, como era há 500 anos. Assim, passou a trabalhar com as uvas ancestrais Pais, Cinsault e Moscatel.

Enólogo Cristian Crrasco

A degustação teve início com uma breve apresentação do projeto. Em seguida, as taças foram enchidas e servidas aos participantes.

Em primeiro lugar foi servido o La Causa Moscatel 2015. Seguido dos tintos Pais, Cisault e, por fim, o Blend.

La Causa Moscatel 2015

Um vinho surpreendente em virtude de ter um nariz frutado e boca delicada.

Uvas: Moscatel de Alejandría.
Temperatura de Serviço: 8º a 10ºC.
Harmonização: Vinho seco, bom para beber como aperitivo.
Descrição Olho: Dourado.
Descrição Nariz: Frutado traz nos aromas cítricos de maçã verde, carambola e casca de limão siciliano, onde também há notas florais.
Descrição Boca: Tem persistência e delicadeza, bem estruturado e sedoso.

Coloração do La Causa Moscatel – Amarelo brilhante com tons dourados

La Causa Pais 2016

Por muitos anos, a Pais era considerada uma uva secundária adequada apenas para vinhos de massa, mas agora um pequeno grupo de produtores está levando a Pais muito a sério, produzindo vinhos fascinantes. As uvas Pais são conhecidas por suas peles finas e alguns críticos compararam os vinhos ao francês Beaujolais.

Uvas: Pais.
Graduação Alcoólica: 13%.
Harmonização: Companhia perfeita para embutidos em geral.
Descrição Boca: Redondo, suculento e gostoso de beber, tem acidez vibrante, taninos de boa textura e final médio/longo, com toques de cerejas e framboesas.

La Causa Cinsault 2016 

Um dos maiores sucessos do La Causa. Em todos os vinhos do La Causa, a vinícola Torres trabalha com produtores específicos. Portanto, na produção do Cinsault, é trabalhado com dois produtores com quem faz apenas 20.000 garrafas.

É vermelho, intenso e tem um lado floral, já que possui 5% de Moscatel. Com o propósito de não parar de beber.

Uvas: Cinsault.
Classificação: Seco.
Graduação Alcoólica: 14%.
Temperatura de Serviço: 16º a 18ºC.
Harmonização: Aves grelhadas, arroz mediterrâneo, guisados de vegetais e outros pratos da culinária mediterrânea clássica, com tomilho, alecrim e orégano.
Descrição Olho: Vermelho rubi com reflexos granada.
Descrição Nariz: Frutado e fino com notas delicadas de frutas silvestres.
Descrição Boca: Intensas notas picantes com taninos suavemente amadurecidos e delicados com reverberação longa e aromática.

La Causa Blend 2016

O Blend é um vinho muito interessante, já que mistura as uvas Cinsault, Pais e Carignan. Isto é, cria-se um vinho mais estruturado, já que a uva Carignan produz vinhos densos, ricos e com muito tanino.

Uvas: 60% Cinsault , 25% Pais,15% Carignan.
Graduação Alcoólica: 14%.
Descrição Olho: Vermelho rubi com fundo violeta.
Descrição Nariz: Aromas de frutas vermelhas frescas.
Descrição Boca: Delicado com ótima acidez e taninos firmes que dão estrutura.